Notícias

Estamos temporariamente sem linha telefônica fixa. Entre em contado pelos seguintes canais, Whatsapp: 11957770292, E-mail: sboc@sboc.org.br, Celular: 11956399293 Estamos temporariamente sem linha telefônica fixa. Entre em contado pelos seguintes canais, Whatsapp: 11957770292, E-mail: sboc@sboc.org.br, Celular: 11956399293

Plataforma da SBOC divulga estudos clínicos oncológicos em recrutamento no Brasil Destaque

Notícias Sexta, 17 Dezembro 2021 20:29
Avalie este item
(1 Voto)

Para muitos brasileiros que enfrentam diferentes tipos de câncer, a participação em protocolos de pesquisa clínica é a melhor oportunidade de receber cuidados e tratamentos inovadores que podem salvar vidas. O processo de recrutamento ainda é um grande desafio no Brasil, mas uma plataforma digital desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) vem mudando esse cenário.

Com mais de 50 estudos cadastrados em sua base, todos em fase de recrutamento, a Plataforma de Pesquisa Clínica da SBOC facilita a troca de informações sobre novas tecnologias para o controle do câncer e de seus sintomas. Tumores de mama e geniturinários correspondem a quase 60% dos estudos cadastros, mas há, ainda, pesquisas sobre câncer de esôfago, ovário, cólon, tireoide, pâncreas, hepatocarcinoma, melanoma e hematologias malignas, como mieloma múltiplo e leucemia mieloide aguda.

Para o presidente da SBOC, Dr. Paulo Hoff, o suporte da entidade a iniciativas de pesquisa clínica está apenas começando. “A plataforma de cadastros visa construir pontes entre oncologistas e pesquisadores em todo o Brasil, para ampliar ainda mais o alcance de estudos que estão na fronteira do conhecimento científico oncológico”, comemora. “Ainda há muito trabalho a ser feito, para que cada vez mais instituições sejam cadastradas, enquanto a SBOC intensifica seus esforços para que a pesquisa clínica brasileira seja regulamentada e devidamente reconhecida”, garante.

Isso porque, ainda que a pesquisa clínica avance no Brasil, não há uma lei que a regulamente, apenas resoluções e normativas do Conselho Nacional de Saúde (CNS) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sem valor jurídico e podendo ser alteradas a qualquer momento. “Essa insegurança fragiliza e desencoraja a realização de novos estudos, deixando o país anos atrás de muitas outras nações em que a pesquisa clínica é uma realidade consolidada e em franca expansão”, lamenta Dr. Fábio Franke, membro da diretoria da SBOC e presidente da Aliança Pesquisa Clínica Brasil.

De acordo com Dra. Andreia Melo, vice-presidente da SBOC, os cadastros já começam a transformar essa realidade. “Instrumentalizar o diálogo entre todos os atores envolvidos na pesquisa clínica em oncologia, entre cientistas, patrocinadores, clínicos, de forma interativa e segura, democratiza o acesso a estudos e beneficia diretamente o paciente e toda a população brasileira”, acredita.

Os 51 estudos atualmente cadastrados na plataforma da SBOC são patrocinados por seis instituições. Até este mês de dezembro, a página de busca por estudos clínicos foi acessada cerca de 1.700 vezes.

Participe

Oncologistas, demais profissionais ligados ao cuidado oncológico e organizações patrocinadoras envolvidos em pesquisas clínicas podem cadastrar, em poucos passos e on-line, estudos que estão em fase de recrutamento de voluntários. Associados SBOC têm acesso a todos os cadastros, auxiliando na tomada de decisão sobre como seguir pelos melhores caminhos possíveis aos seus pacientes.

Para auxiliar aqueles com pesquisas clínicas a serem cadastradas, a SBOC oferece um tutorial ilustrado com o passo a passo do processo e mais informações a respeito da plataforma.

Última modificação em Sexta, 17 Dezembro 2021 20:48

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Pesquisar